15 de junho de 2015

A família da gente!

Eu sei que esse post é super aleatório, mas eu preciso falar sobre isso depois desse final de semana.

PhotoGrid_1434331263525

O lado bom de voltar a morar em Porto Alegre é, sem dúvida, estar perto da minha família.
Acontece que, desde que voltei, eu fiquei envolvida em reorganizar a nova vida e dedicada ao blog que acabei não aproveitando a cia de ninguém e “esqueci” o quanto energizante é estar com cada um dos meus.

A verdade é que é muito irônico: Passamos nossos dias numa busca incansável por aquilo que tanto sonhamos, estudando e trabalhando pra ter mais grana, pra ter mais tempo livre um dia e aproveitar com a família, proporcionando uma vida melhor pra eles e pra si mesmo, mas no entanto desperdiçamos chances de passar mais tempo juntos.
E ontem, ao ver meus primos e passar uma tarde maravilhosa com eles, me dei conta da falta que isso estava me fazendo.

Além dos nossos amigos de longa data, são as pessoas da nossa família que renovam nosso humor e com elas compartilhamos memórias. Lembranças boas (e as nem tão boas) vem à tona em volta de uma mesa na cozinha enquanto tomamos chimarrão e a desculpa pra devorar um bolo delicioso está muito clara: estamos juntos num raro momento de refresco.

É tão reconfortante estar com eles. Com mais ninguém me sinto tão perto de mim mesma.
Independente de quem seja nossa família, é nossa e devemos dedicar tempo à ela pra fazer todo nosso esforço diário valer à pena, porque é por eles, verdadeiramente, que levantamos todos os dias da cama e enfrentamos tudo.

Minha família não é perfeita, mas é a minha.
Bóra recarregar as energias com a família da gente?

Super beijo cheio de batom vermelho!

Comentários

    1. Pricila Daguerre Autor do post

      É mesmo, Roberta. Nada como estar com a família né? Obrigada pelo carinho de sempre. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *